Fale conosco pelo WhatsApp

Qual o melhor tratamento para linhas de expressão?

A ritidoplastia é a cirurgia plástica recomendada para rejuvenescimento facial
23fev, 2021

O tratamento mais indicado para linhas de expressão depende da profundidade e intensidade das marcas apresentadas pelo paciente

Muitas pessoas não sabem que é possível prevenir e até mesmo que existe tratamento para linhas de expressão, amenizando esses incômodos sinais que podem prejudicar a satisfação pessoal e autoestima.

A definição de qual é o tratamento para linhas de expressão mais apropriado ao seu caso deve ser feita apenas após uma avaliação especializada do cirurgião plástico, uma vez que as metodologias utilizadas podem variar bastante de acordo com as características do paciente e com os resultados esperados.

O que são e como se formam as linhas de expressão?

As linhas de expressão são sinais que surgem conforme o indivíduo faz repetidas movimentações dos músculos da face — como ao sorrir, comer, falar, enrugar a testa ou pressionar os olhos. Com o tempo, essas marcas tornam-se rugas, que podem ser de dois tipos:

  • Dinâmicas: são as rugas que surgem conforme você movimenta seu rosto, como os pés de galinha ao contrair os olhos;
  • Rugas estáticas ou sulcos: são aqueles sinais que ficam aparentes mesmo com a face em repouso, consistindo em fissuras na pele, como o sulco nasogeniano (bigode chinês).

As linhas de expressão são causadas, majoritariamente, pela movimentação natural da face ao realizar as atividades do dia a dia. As pessoas chamadas de “expressivas” são as que têm mais tendência a formar esses sinais, pois recorrem frequentemente à movimentação facial para expressar sentimentos e conversar.

Além da movimentação da musculatura facial, a exposição solar sem proteção também é um dos principais causadores do problema, pois a radiação ultravioleta altera o DNA das células, aumenta os radicais livres presentes na pele e causa o envelhecimento precoce das células.

Esse processo reduz a ação da elastina e colágeno, que são substâncias fundamentais para uma pele mais elástica e firme e ajudam a evitar a formação de linhas de expressão.

Como prevenir as linhas de expressão?

Apesar de não ser possível prevenir completamente o desenvolvimento das linhas de expressão, algumas recomendações contribuem na prevenção. São elas:

  • Tenha uma rotina de cuidados diários com a pele, incluindo limpeza, tratamento, hidratação e proteção solar;
  • Faça exercícios de ginástica facial regularmente;
  • Não durma de maquiagem;
  • Evite a exposição direta ao sol em períodos de maior incidência optando pelo uso de chapéu e óculos.

Com essas recomendações, será possível minimizar a ocorrência desses sinais. No entanto, se as marcas ficarem mais intensas ou incômodas, é importante buscar auxílio de um cirurgião plástico para definição do tratamento para linhas de expressão mais apropriado.

Qual o tratamento para linhas de expressão?

Existem diferentes tratamentos para linhas de expressão que podem ser recomendados pelo especialista de acordo com a intensidade do caso, alguns deles incluem:

  • Aplicação de toxina botulínica, substância que causa uma paralisia temporária na musculatura da face, evitando a formação de rugas dinâmicas;
  • Aplicação de ácido hialurônico no caso de sulcos faciais como o bigode chinês, ajudando a amenizar as fissuras na pele;
  • Laser de CO2 fracionado que promove um aquecimento das moléculas subcutâneas e colabora para o estímulo à produção de elastina e colágeno;
  • Peeling químico que, a partir do uso de ácidos na face, promove a descamação das camadas mais superficiais da pele e substituição dos tecidos, amenizando linhas de expressão finas.

Essas técnicas, no entanto, são recomendadas para o tratamento para linhas de expressão mais amenas, de forma que se o paciente tiver sinais mais profundos pode ser necessário recorrer à ritidoplastia.

O que é e como é feita a ritidoplastia?

A ritidoplastia é a cirurgia plástica recomendada para rejuvenescimento facial, sendo indicada para amenizar diferentes sinais relacionados ao envelhecimento da pele, como:

  • Flacidez;
  • Rugas;
  • Linhas de expressão;
  • Sulcos faciais;
  • Perda do contorno da face.

Essa cirurgia plástica é recomendada, geralmente, para pacientes com mais de 40 anos ou pessoas com envelhecimento cutâneo precoce.

Na intervenção, o cirurgião plástico faz uma incisão cirúrgica seguindo a linha do couro cabeludo para acessar as estruturas subcutâneas. Em seguida, é realizada a remoção do excesso de pele e gordura, bem como reposicionamento das estruturas faciais para garantir maior naturalidade aos resultados.

O paciente pode receber alta hospitalar no mesmo dia, sendo importante seguir as recomendações pós-operatórias para uma recuperação mais satisfatória.

Apenas um cirurgião plástico poderá avaliar o caso e determinar se o tratamento para linhas de expressão pode ser um procedimento não invasivo ou se a cirurgia plástica é a mais apropriada ao caso. Conheça mais sobre a ritidoplastia aqui!

 

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;

Dr. João Biló.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *