Fale conosco pelo WhatsApp

Rinoplastia

Antes e depois da rinoplastia
Imagem: Shutterstock

Capaz de melhorar a aparência e proporção do nariz, a rinoplastia é um procedimento indicado para pacientes que se sentem insatisfeitos com o tamanho, formato ou aspecto do órgão olfativo. Trata-se de uma das cirurgias plásticas mais procuradas no Brasil e no mundo, e seus resultados proporcionam harmonização facial e aumento da autoestima do indivíduo.

Além de sua aplicação estética, a realização da rinoplastia pode ser recomendada para correção de anormalidades estruturais que comprometem a funcionalidade do nariz, prejudicando a respiração ou o olfato. Seja por fins estéticos ou funcionais, a cirurgia promove qualidade de vida ao paciente e pode ser associada a procedimentos complementares — como correção do septo nasal ou retirada de carne esponjosa.

Uma vez que o nariz é uma das estruturas mais marcantes do rosto de uma pessoa, características naturais consideradas imperfeitas ou desproporcionais podem causar severos problemas de autoestima. As estruturas nasais que costumam gerar mais incômodo e demandar correção por meio da rinoplastia são a ponta, o dorso e as narinas.

Para quem a rinoplastia é indicada?

Em geral, todas as pessoas que se sentem incomodadas com a forma e proporção do nariz podem se submeter à rinoplastia. O procedimento deve ser realizado a partir dos 16 anos, quando o desenvolvimento das estruturas ósseas da face já está concluído. Existem situações em que a cirurgia de nariz pode ser realizada mais cedo, mas o caso deve ser avaliado individualmente por um médico cirurgião.

Os resultados que podem ser obtidos por meio da rinoplastia são:

  • Aumento ou redução do nariz;
  • Correção da forma do dorso nasal;
  • Projeção da ponta do nariz;
  • Reparação do perfil do nariz;
  • Correção de desvios ou assimetrias nasais;
  • Atenuação da giba ou calo ósseo do nariz;
  • Afinamento das asas nasais;
  • Harmonização do formato e tamanho das narinas.

Vale lembrar que, por mais que o procedimento corrija a forma e elimine os incômodos relacionados à aparência do nariz, não é possível escolher seu formato final após a rinoplastia. Isso porque a funcionalidade do órgão nasal deve sempre ser preservada, assim como o equilíbrio estético entre o nariz e o restante da face.

Cabe ao cirurgião plástico a tarefa de avaliar a simetria facial e as medidas do rosto para, assim, indicar a nova forma do nariz após a cirurgia de correção. A vontade e expectativas do paciente também são levadas em consideração e, se forem compatíveis com a realidade e as possibilidades indicadas pelo especialista, certamente serão atendidas.

Como é a cirurgia de nariz é realizada?

A cirurgia plástica de nariz pode ser realizada por meio de duas técnicas: a exorrinoplastia (técnica aberta) e rinoplastia endonasal (técnica fechada). O primeiro tipo é mais indicado para casos em que há necessidade de muitas alterações estruturais, e consiste na realização de incisões que possibilitam o levantamento da pele da cartilagem e do osso do nariz, permitindo ao cirurgião examinar e ajustar toda a estrutura com clareza.

A técnica endonasal, por sua vez, é feita por meio de incisões pequenas que permitem ao cirurgião acessar a cartilagem e o osso da região para remodelagem do nariz. Este método não deixa nenhuma cicatriz aparente e, caso não ocorra nenhuma intercorrência, o paciente tem alta no mesmo dia da cirurgia. Ambas as metodologias podem ser aplicadas somente com sedação ou com anestesia geral, de acordo com as características clínicas e histórico de cada paciente.

A rinoplastia é frequentemente associada a outros procedimentos cirúrgicos — sejam eles de correção estrutural ou estéticos —, o que pode trazer vantagens para o paciente, que precisa lidar com apenas uma recuperação pós-cirúrgica. Cada caso precisa ser criteriosamente avaliado pelo cirurgião plástico, que analisa as condições clínicas do paciente, o tempo de cirurgia e outros aspectos que influenciam diretamente no sucesso do procedimento.

Como é o pré-operatório da rinoplastia?

A preparação para a rinoplastia envolve a realização de diversos exames que visam identificar possíveis fatores de risco e condições clínicas que podem interferir no momento da cirurgia. Esta avaliação pré-cirúrgica geralmente envolve:

  • Eletrocardiograma;
  • Hemograma;
  • Dosagem de potássio, sódio, creatinina e ureia;
  • Coagulograma;
  • Tomografia computadorizada de estruturas nasais;
  • Radiografia da face;
  • Nasofibroscopia.

Após ser considerado apto à cirurgia plástica de nariz o paciente deve seguir algumas recomendações pré-operatórias, que geralmente incluem cuidados como:

  • Suspender o uso de medicamentos com ação anticoagulante;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas e parar de fumar alguns dias antes da cirurgia;
  • Fazer jejum total por, pelo menos, 8 horas;
  • Remover lentes, brincos e joias no dia do procedimento.

Recuperação cirúrgica

O nariz é uma região delicada e repleta de pequenos vasos, o que demanda maiores cuidados nos primeiros dias após a realização da rinoplastia. Há um edema acentuado nas primeiras 48 a 71 horas após a cirurgia, exigindo que o paciente durma com a cabeceira da cama elevada e aplique compressas frias na face. Também podem surgir manchas roxas ao redor dor olhos, que desaparecem em poucos dias.

Esta geralmente é uma cirurgia pouco dolorosa para o paciente, e os desconfortos podem ser aliviados apenas com a administração de analgésicos. Dificuldades respiratórias também são comuns, embora possam aparecer justamente por conta do inchaço esperado nos primeiros dias após a realização da rinoplastia.

Os principais cuidados do pós-operatório da cirurgia no nariz são:

  • Repouso absoluto nos 7 primeiros dias, e moderado por mais 7 dias;
  • Seguir à risca as recomendações médicas, o que inclui o uso correto dos medicamentos prescritos;
  • Evitar tomar sol nos 2 primeiros meses após a rinoplastia;
  • Praticar atividades físicas apenas após liberação médica;
  • Cuidar dos curativos, sempre conforme orientação do cirurgião.

É possível começar a perceber os resultados da rinoplastia 30 dias após a realização do procedimento, mas o resultado definitivo só pode ser observado um ano após a cirurgia — que é quando a cicatrização está completa e todos os tecidos alterados estão devidamente acomodados. Quando a cirurgia plástica de nariz foi realizada em associação a outros procedimentos, como correção de desvio de septo, a recuperação pode ser ligeiramente diferente.

Para saber mais sobre a rinoplastia e outros procedimentos cirúrgicos que promovem a harmonização facial, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. João Biló.

Fonte:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).